Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Manutenção de Documentos Fiscais - OF0305

Visão Geral do Programa

Permitir a implantação e manutenção de documentos fiscais.

Tela Manutenção Documentos Fiscais – Pasta Itens

Objetivo da tela:

Permitir a implantação e manutenção de documentos fiscais.

 

Outras Ações/Ações Relacionadas:

 

Ação:

Descrição:

Cancela Documento Fiscal

Ao pressionar esse botão, o documento selecionado será cancelado.

Informações Adicionais da Nota Fiscal

Quando acionado, é apresentada a tela de Informações Adicionais da Nota Fiscal (CD4035), a qual permite que sejam inseridas as informações necessárias para o preenchimento do arquivo SPED Fiscal. Ver mais detalhes na função Informações Adicionais da Nota Fiscal (CD4035).

Incluir

Com o acionamento desse botão, será possibilitada a inclusão de novos itens para o documento fiscal. Ver detalhes na tela Inclui/Modifica Itens Documento Fiscal (OF0305B).

Modificar

Com o acionamento desse botão, o item selecionado poderá ser modificado.

Eliminar

Com o acionamento desse botão, o item selecionado será eliminado do documento fiscal.

Ciap

Esse botão somente é habilitado quando a nota fiscal de entrada tiver características de compra/venda de ativo, ICMS “outros” e consumidor final marcado.

Importante:

Quando existir integração com o modulo Recuperador de Impostos, utilizar o botão “RI” para as movimentações referentes ao ciap.

RI

Esse botão somente será habilitado quando a nota fiscal de entrada tiver características de compra/venda de ativo, ICMS “outros” e consumidor final parametrizado na natureza de operação que está vinculada ao documento fiscal em questão.

Importante:

Este campo será habilitado quando existir integração com o módulo Recuperador de Impostos.

Ao selecionar este botão, será chamado o programa RI0202 – Inclusão de Bens do modulo Recuperador de Impostos.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Cliente/Fornec

Exibe o código do Cliente/Fornecedor para o Documento Fiscal em questão.

Documento Fiscal

Exibe o Número do documento fiscal.

Série

Exibe a Série para o Documento Fiscal em questão.

Natureza Operação

Exibe o código da Natureza de Operação desejada para o Documento Fiscal em questão.

Estabelecimento

Exibe o código do Estabelecimento para o Documento Fiscal em questão.


Tela Inclui/Modifica/Cópia Documento Fiscal – Pasta Inf Gerais 1

Objetivo da tela:

Permitir incluir/modificar/copiar informações relacionada a documento fiscal.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Cliente/Fornec

Selecionar o código do cliente/fornecedor para o documento fiscal a ser inserido.

Documento Fiscal

Inserir o Número do documento fiscal.

Importante:

Caso seja informado um número com seis ou menos dígitos, o sistema preenche com zeros a esquerda até que se completem 7 dígitos. Se informado um número superior a sete dígitos, é gravado conforme informado, sem a adição de zeros a esquerda.

Série

Selecionar a série para o documento fiscal a ser inserido.

Natureza Operação

Selecionar o código da natureza de operação desejada para o documento Fiscal em questão.

Importante:

Se a natureza de operação estiver inativa no sistema, o processo em questão não terá continuidade e será exibida uma mensagem de erro. 

Estabelecimento

Selecionar o código do estabelecimento para o documento fiscal em questão.

Dt Emissão

Inserir a data de emissão do documento fiscal pelo fornecedor.

Dt Documento

Inserir a data de entrada do documento fiscal em questão.

Espécie Doc

Inserir a espécie do documento fiscal.

Mensagem

Inserir o código da mensagem que deve sair na Nota Fiscal.

Baixa Estoque

Quando assinalado, determina que o documento efetua movimentação no estoque.

% Redução ICMS

Inserir o percentual de redução da base de cálculo do ICMS.

% Redução ISS

Inserir o percentual de redução da base de cálculo do ISS.

ICMS Complementar

Inserir o valor do ICMS complementar referente ao documento fiscal em questão.

Destino Mercadoria

Selecionar uma das opções que define o Destino da Mercadoria, o qual pode ser Comércio/Indústria ou Consumo Próprio/Ativo.

Origem Docto

Exibe a origem do documento fiscal, a qual pode ser Faturamento, Recebimento ou Implantação Manual.

Importante:

Essa informação é atualizada automaticamente pelo programa.

Manut ICMS

Quando assinalado, indica que o ICMS do documento fiscal em questão deve ser estornado.

Manut IPI

Quando assinalado, indica que o IPI do documento fiscal em questão deve ser estornado.

Código Observação

Selecionar uma das opções que determina o Código de Observação do Documento Fiscal. As opções disponíveis são: Industrialização, Comércio, Devolução, Serviço, Frete CIF, Frete FOB ou Frete Outros.


Tela Inclui/Modifica/Cópia Documento Fiscal – Pasta Inf Gerais 2

Objetivo da tela:

Permitir incluir/modificar/copiar informações relacionada a documento fiscal.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Cupom Fiscal

Cupom Inicial: inserir a numeração inicial dos cupons fiscais.

Cupom Final: inserir a numeração final dos cupons fiscais.

Níveis Restituição

Nível de Restituição: inserir o código do nível de restituição conforme prevê a Legislação do Estado.

% Restituição: inserir o respectivo desconto referente ao nível de restituição.  

Operação não Efetivada

Quando assinalado, indica que se trata de uma operação não efetivada.

Importante:

Operação não efetivada é válida apenas para notas fiscais de entrada (devolução com própria nota fiscal).

CFOP (a partir de 01/01/2003)

Esse campo é preenchido automaticamente ao informar a Natureza Operação (desde que haja o relacionamento da natureza com o CFOP).

Chave Acesso (NF-e/CT-e)

Inserir o modelo, o código numérico e o digito verificador que formam a chave de acesso da nota fiscal eletrônica/conhecimento de transporte eletrônico. As demais informações são obtidas pelo sistema.

Importante:

O código da chave é composto por: Código da UF + AAMM da emissão + CNPJ do emitente + Modelo, série e número da NF-e + código numérico + dígito verificador.

Nota:

Se opção for incluir, o campo chave será apresentado sem informações e desabilitado. Se a natureza informada for modelo 55 ou modelo 57, será habilitado o campo. Por default, deve-se carregar as informações do cabeçalho do documento.
Se opção for alterar, o campo chave será apresentado com ou sem informações (se já houver conteúdo no campo) e habilitado se a natureza do documento fiscal for modelo 55 ou modelo 57.


Tela Inclui/Modifica/Cópia Documento Fiscal – Pasta Endereço 

Objetivo da tela:

Permitir incluir/modificar/copiar informações relacionada ao endereço do cliente.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Endereço

Exibe o endereço padrão do cliente. Essa informação poderá ser alterada.

Nr

Exibe o número de localização no endereço padrão do cliente. Essa informação poderá ser alterada.

Compl

Exibe o complemento do endereço padrão do cliente. Essa informação poderá ser alterada.

Bairro

Exibe o bairro padrão do cliente, podendo essa informação ser alterada.

Cidade

Exibe a cidade padrão do cliente, que poderá ser alterada.

País

Exibe o país padrão do cliente, podendo ser alterado.

CEP

Exibe o código de endereçamento postal do cliente selecionado, podendo ser alterado.

UF

Exibe a unidade de federação do cliente em questão. Essa informação poderá ser alterada.

CGCMF

Exibe o número do cadastro do cliente na Receita Federal, podendo essa informação ser alterada.

Inscrição Estadual

Exibe o número da inscrição estadual do cliente, podendo ser alterado.


Tela Inclui/Modifica/Cópia Documento Fiscal – Pasta Observações  

Objetivo da tela:

Neste campo serão digitadas observações que deverão aparecer nos livros de saída.

Ou caso o documento seja atualizado automaticamente pelo faturamento ou pelo recebimento a observação já deverá estar registrada.


Tela Inclui/Modifica/Cópia Documento Fiscal – Pasta ComEx  

Objetivo da tela:

Nessa tela é possível definir as informações pertinentes aos documentos de exportação e relacionar mais de um registro de exportação por documento.

Quando o módulo Exportação não está implantado, permite realizar a digitação manual dos registros de exportação neste programa; quando ele está implantado, as informações dos registros de exportação são geradas no momento da integração do faturamento com obrigações fiscais e posteriormente serão alteradas na rotina de manutenção de documentos fiscais.

Nota:

Com exceção do campo Declaração Importação, que somente é habilitando quando o documento for pertinente a uma importação, os demais campos dessa pasta somente são habilitados quando o documento for pertinente a uma exportação.


Outras Ações/Ações Relacionadas:

 

Ação:

Descrição:

Incluir

Quando acionado, permite cadastrar as informações pertinentes aos documentos de exportação.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Declaração Importação

Inserir o código da declaração de importação vinculada ao documento.

Nr Ato Concessório

Inserir o número do ato concessório do regime Drawback vinculado ao documento.

Nota:

 Este campo somente será habilitado em notas de entrada cuja natureza de operação iniciam com código 3 (importação).

Documento Importação

Selecione o tipo de declaração de importação que será gerado no SPED Contribuições no bloco C120. As opções disponíveis são:

  • 0 – Declaração de Importação;

  • 1 – Declaração Simplificada de Importação;

  • 2 Declaração Única de Importação.

Nota:

Este campo somente será habilitado em notas de entrada cuja natureza de operação iniciam com código 3 (Importação).


Tela Inclui Documentos de Exportação 

Objetivo da tela:

Permitir registrar informações relacionadas a documento de exportação.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Registro Exportação

Inserir o número do registro de exportação.

Dt Registro Export

Inserir a data de emissão do registro de exportação.

Declaração Exportação

Inserir o código da declaração de exportação vinculada ao documento.

Dt Declar Export

Inserir a data de emissão da declaração de exportação.

Natureza Exportação

Selecionar a natureza da exportação. As opções disponíveis são:

  • Exportação Direta.

  • Exportação Indireta.

  • Exportação Direta - Regime Simplificado.

  • Exportação Indireta - Regime Simplificado.

  • Exportação Direta - Decl. Única de Export.
  • Exportação Indireta - Decl. Única de Export.

Nota:

Exportação Direta: consiste na operação em que o produto exportado é faturado pelo próprio produtor ao importador. Este tipo de operação exige da empresa o conhecimento do processo de exportação em toda a sua extensão. Cabe assinalar que a utilização de um agente comercial pela empresa produtora/exportadora não deixa de caracterizar a operação como exportação direta. Nesta modalidade, o produto exportado é isento do IPI, e não ocorre a incidência do ICMS. Beneficia-se também dos créditos fiscais incidentes sobre os insumos utilizados no processo produtivo. No caso do ICMS, é recomendável consultar as autoridades fazendárias estaduais, sobretudo quando houver créditos a receber e insumos adquiridos em outros Estados.

Exportação Indireta: é realizada por intermédio de empresas estabelecidas no Brasil, que adquirem produtos para exportá-los. Estas empresas podem ser:

  • trading companies (a venda da mercadoria pela empresa produtora para uma trading que atua no mercado interno é equiparada a uma operação de exportação, em termos fiscais);

  • empresas comerciais exclusivamente exportadoras;

  • empresa comercial que opera no mercado interno e externo;

  • outro estabelecimento da empresa produtora - neste caso a venda a este tipo de empresa é considerada equivalente a uma exportação direta, assegurando os mesmos benefícios fiscais – IPI e ICMS; e

  • consórcios de exportadores - Apesar de bem sucedidos em vários países, os consórcios de exportação ainda são pouco utilizados no Brasil. Trata-se de associações de empresas, juridicamente constituídas, que conjugam esforços e/ou estabelecem uma divisão interna de trabalho, com vistas à redução de custos, aumento da oferta de produtos destinados ao mercado externo e ampliação das exportações. Os consórcios podem ser formados por empresas que ofereçam produtos complementares ou mesmo concorrentes.

Registro de Exportação Simplificado: A fim de facilitar a atuação não só das empresas de pequeno porte, mas também daquelas que pretendem realizar operações de exportação que não ultrapassem a US$ 50.000,00 (cinquenta mil dólares dos Estados Unidos da América), pode ser utilizado o Registro de Exportação Simplificado - RES.

O Art. 163 da Portaria SECEX 36 de 22.11.2007 , alterado pela Portaria Secex Nº 8, de 16.05.2008, preceitua que o Registro de Exportação Simplificado (RES) no Siscomex é aplicável a operações de exportação, com cobertura cambial e para embarque imediato para o exterior, até o limite de US$ 50.000,00 (cinquenta mil dólares dos Estados Unidos da América), ou o equivalente em outras moedas.

Declaração Única de Exportação: A DU-E consiste em adequar o controle aduaneiro e administrativo ao processo logístico das exportações, realizando-o de maneira eficaz e segura, porém sem causar atrasos desnecessários ao fluxo das exportações.

Comprov Export

Inserir o número do comprovante de exportação vinculado ao documento.

Dt Comprov Exp

Inserir a data de emissão do comprovante de exportação.

Dt Embarque

Inserir a data de emissão do conhecimento de embarque.

Averbação

Quando assinalado, determina que o documento de exportação foi averbado.

Data Averbação

Inserir a data de averbação do documento de exportação.

Nota:

Quando informada a data de averbação, o campo Averbação é automaticamente assinalado.

Vl Despacho

Inserir o valor de despacho.

Conhec Embarque

Inserir o número do conhecimento de embarque.

Tipo Conhec

Selecionar o tipo de conhecimento de embarque. Essa informação e solicitada pelo Fisco e todas as opções disponíveis estão no Zoom desse campo. As opções possíveis são:

  • 01 – AWB

  • 02 – MAWB

  • 03 – HAWB

  • 04 – COMAT

  • 06 – R. EXPRESSAS

  • 07 – ETIQ. REXPRESSAS

  • 08 – HR. EXPRESSAS

  • 09 – AV7

  • 10 – BL

  • 11 – MBL

  • 12 – HBL

  • 13 – CRT

Nota:

Independentemente da opção selecionada, o sistema não efetua nenhuma validação sobre a mesma.

Dt Conhec

Inserir a data de emissão do conhecimento de embarque.

Moeda Siscomex

Selecionar o tipo de moeda Siscomex no qual o documento de exportação foi gerado.

Nota:

A moeda informada deve estar previamente cadastrada na Função Manutenção Moedas (CD0914).

Código País Siscomex

Selecionar o código do país Siscomex destinatário da mercadoria constante no documento de exportação.

Importante:

Quando o módulo de Exportação estiver implantado, é necessário que seja informado o código do pais Siscomex. Quando o módulo de Exportação não estiver implantado, é necessário que o código do país informado seja idêntico ao código definido pelo Siscomex para o país. Nesse caso, o país cadastrado por intermédio da função Manutenção de País (CD0181) deve possuir o mesmo código definido pelo Siscomex para o país.


Tela Inclui/Modifica/Cópia Documento Fiscal – Pasta Transp

Objetivo da tela:

Nessa tela é possível definir as informações pertinentes a empresa transportadora e veiculo utilizado no transporte dos itens do documento.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Nome Abrev Transp

Selecionar o nome abreviado da empresa transportadora.

CNPJ/CPF Transp

Selecionar o CNPJ ou CPF da empresa transportadora.

UF Transp

Selecionar a unidade de federação da transportadora.

IE Transp

Inserir a inscrição estadual da transportadora.

Modal

Selecionar o modal da transportadora. As opções disponíveis são:

  1. Rodoviário.

  2. Ferroviário.

  3. Rodo-Ferroviário.

  4. Aquaviário.

  5. Dutoviário.

  6. Aeroviário.

  7. Outro.

Tipo CT-e

Inserir o tipo de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) para posterior geração nos arquivos dos EFDs Fiscal e Contribuições.

Nota:

Esse campo pode conter uma das opções:

  • 0 – CT-e Normal;

  • 1 – CT-e de Complemento de Valores;

  • 2 – CT-e de Anulação de Valores;

  • 3 – CT-e Substituto.

Para os documentos de transporte com modelo 57, o Tipo CT-e será obrigatório, para os demais modelos será opcional.

Mod Frete

Selecionar a modalidade de frete. As opções disponíveis são:

  • CIF;

  • FOB;

  • Outros, para as situações em que não se aplica a informação CIF ou FOB.
    Exemplo:
    OTM (Operadoras de Transporte Multimodal), utilizam a modalidade de frete Outros. 

Placa 1

Placa 2

Placa 3

Inserir os números das placas do veículo utilizado no transporte. 


UF 1

UF 2

UF 3

Inserir a unidade de federação  das placas do veículo utilizado no transporte. 


Cod IBGE Munic OrigExibe o código IBGE do município de origem do transporte.
Cod IBGE Munic DestExibe o código IBGE do município de destino do transporte.

Modalidade de Frete

Inserir a modalidade de frete para utilização na NF-e e SPED.

UF Orig/DestInserir a UF Origem/Destino para documentos de transporte.


Tela Inclui/Modifica Itens Documento Fiscal – Pasta Inf Gerais 

Objetivo da tela:

Permitir incluir/modificar/copiar informações relacionada a documento fiscal.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Sequência

Inserir um número que represente a Sequência da ocorrência do documento fiscal em questão.

Item

Inserir o Item para o Documento Fiscal.

Alíquota ISS

Inserir o percentual da Alíquota de ISS do Item.

Classificação Fiscal

Inserir o Código da Classificação Fiscal do Item.

Alíquota IPI

Inserir o percentual da Alíquota de IPI do Item.

Quantidade

Inserir a quantidade do Item.

Alíquota ICMS

Inserir o percentual da Alíquota de ICMS do Item.

Un

Inserir a Unidade de Medida do Item.

Cod Serviço

Inserir o código de serviços do item.

Código de Serviço Sefaz

Inserir o código de Serviço Sefaz do item.

Nota

O código de Serviço Sefaz informado deve estar previamente cadastrado na Função Código de Serviço INSS (CD1050).

Nível de Restituição

Informar o código do nível de restituição conforme prevê a Legislação do Estado.

% Restituição

Informar o respectivo desconto referente ao nível de restituição.

% Redução IPI

Inserir o Percentual de Redução do IPI referente ao Item.

Peso Líquido

Inserir o Peso Líquido do Item.

Cod Vinculação IPI

Inserir o Código de Vinculação do IPI do Item.

Conta Contábil

Exibe a conta contábil que é demonstrada nos livros fiscais. A conta contábil, atualizada pelo módulo de Recebimento, é a conta de saldo do grupo de estoque ou a conta de aplicação para itens de débito direto.

O módulo de Faturamento atualiza a conta de receita de vendas.

Estas contas podem ser manutenidas dentro dos critérios acima descritos.

Tributação ICMS

Define o tipo de tributação do ICMS. Selecionar uma das opções:

  • Tributado;

  • Isento;

  • Outros.

Tributação IPI

Define o tipo de tributação do IPI. Selecionar uma das opções:

  • Tributado;

  • Isento;

  • Outros.

Tributação ISS

Define o tipo de tributação do ISS. Selecionar uma das opções:

  • Tributado;

  • Isento;

  • Outros.

Tipo Apuração IPI

Selecionar o tipo de apuração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) a ser efetuada para o item do documento. Inicialmente esse campo apresenta o tipo de apuração definida na Atualização Itens Faturamento (CD0903). As opções disponíveis são:

  • Decendial;

  • Mensal.

Sequência XML Exibe e permite alterar a sequência do item, referente ao XML.
Unid Med Emit XMLExibe e permite alterar a unidade de medida do item, referente ao XML.
Descrição Item XMLExibe e permite alterar a descrição do item, referente ao XML.


Tela Inclui/Modifica Itens Documento Fiscal – Pasta Valores 1

Objetivo da tela:

Importante:

Os valores dos itens do documento fiscal serão exibidos quando o documento for atualizado por intermédio dos módulos de Recebimento ou Faturamento.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Vl Mercadoria Original

Inserir o valor original da mercadoria. Sendo possível também incluir ou alterar manualmente.

Vl Desconto

Inserir o valor total do desconto comercial do item. Sendo possível também incluir ou alterar manualmente.

Vl Mercadoria Líquido

Inserir o valor líquido do item informado na nota fiscal.

Valor Despesas Item

Inserir o valor das despesas acessórias rateadas para item informado na nota fiscal.

Base Calc IPI Item

Inserir o percentual correspondente ao Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do item informado na nota fiscal.

Valor IPI Item

Inserir o valor correspondente ao Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do item informado na nota fiscal.

Valor IPI Devol

Inserir o valor correspondente ao Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do item da nota fiscal de devolução a fornecedores.

Vl IPI Não Tributado

Inserir o valor não tributado correspondente à base de cálculo do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do item informado na nota fiscal.

Vl IPI Outras

Inserir o valor correspondente à base de cálculo do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do item informado na nota fiscal que não confere débito.

Base Calc ISS Item

Inserir o percentual correspondente ao Imposto Sobre Serviços (ISS) do item informado na nota fiscal de serviço.

Valor ISS Item

Inserir o valor correspondente ao Imposto Sobre Serviços (ISS) do item informado na nota fiscal.

Valor INSS Retido

Inserir o valor a ser retido correspondente ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Importante:

Esse campo será habilitado sempre que a nota fiscal for do tipo serviço e a natureza de operação diferente de entrada.

Base Calc ICMS Item

Inserir o percentual correspondente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do item informado na nota fiscal.

Valor ICMS Item

Inserir o valor correspondente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do item informado na nota fiscal.

Valor ICMS Não Trib

Inserir o valor não tributado correspondente à base de cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do item informado na nota fiscal.

Valor ICMS Outras

Inserir o valor correspondente à base de cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do item informado na nota fiscal que não confere débito.

Base ICMS Item Subs

Inserir o percentual correspondente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) retido por substituição tributária.

Valor ICMS Item Subs

Inserir o valor correspondente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) retido por substituição tributária.

Base ICMS ST Entrada

Inserir o valor da Base do ICMS por substituição tributária quando da nota fiscal de entrada.

Importante:

Esse campo será habilitado somente para Documentos de Entrada. Para isto, a Natureza de Operação do documento fiscal deve ser do Tipo "Entrada". 

Aliq ICMS ST Entrada
Inserir o valor da Alíquota do ICMS por substituição tributária quando da nota fiscal de entrada.


Importante:

Esse campo será habilitado somente para Documentos de Entrada. Para isto, a Natureza de Operação do documento fiscal deve ser do Tipo "Entrada". 

Valor ICMS Subst Entrada

Inserir o valor correspondente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) retido por substituição tributária quando da nota fiscal de entrada.

Importante:

Esse campo será habilitado somente para Documentos de Entrada. Para isto, a Natureza de Operação do documento fiscal deve ser do Tipo "Entrada". 

Valor Total Item

Inserir o valor total correspondente ao item informado na nota fiscal.

Importante:

Quando da inclusão de documentos fiscais por intermédio do programa Inclui / Modifica / Cópia Documento Fiscal, é efetuada a consistência da natureza de operação de entrada e informado, caso a mesma seja incompatível, com a unidade de federação do fornecedor / cliente da nota fiscal.


Tela Inclui/Modifica Itens Documento Fiscal – Pasta Valores 2

Objetivo da tela:

Permitir incluir/modificar/copiar informações relacionada a itens documento fiscal.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Valor Retenção CSLL

Exibe e permite alterar o valor correspondente à Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) a ser retido na fonte quando do cálculo da nota.

Valor Retenção PIS / PASEP

Exibe e permite alterar o valor correspondente ao Programa de Integração Social / Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS / PASEP) a ser retido na fonte quando do cálculo da nota.

Valor Retenção COFINS

Exibe e permite alterar o valor correspondente à Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS) a ser retido na fonte quando do cálculo da nota.

Calcula PIS por UnidadeMarcado o parâmetro para calcular PIS por unidade.
Tributação PISExibe o tipo de tributação (Tributado, Isento, Outros, Reduzido ou Diferido).
Valor PIS por unidadeExibe e permite alterar o valor do PIS por unidade, quando o campo calcula PIS por unidade estiver marcado.
Qtd BC PISExibe e permite alterar o valor da quantidade da Base de Cálculo do PIS, quando o campo calcula PIS por unidade estiver marcado.
Alíquota PIS Exibe e permite alterar a alíquota do PIS do item da nota fiscal, quando o campo calcula PIS por unidade estiver desmarcado.

Base Cálculo PIS

Exibe e permite alterar o valor base para cálculo do imposto referente ao Programa de Integração Social (PIS) do item.

Valor PIS

Exibe e permite alterar o valor correspondente ao PIS do item da nota fiscal.

Calcula COFINS por UnidadeMarcado o parâmetro para calcular COFINS por unidade.
Tributação COFINSExibe o tipo de tributação (Tributado, Isento, Outros, Reduzido ou Diferido).
Valor COFINS por unidadeExibe e permite alterar o valor do COFINS por unidade, quando o campo calcula COFINS por unidade estiver marcado.
Qtd BC COFINSExibe e permite alterar o valor da quantidade da Base de Cálculo do COFINS, quando o campo calcula COFINS por unidade estiver marcado.
Alíquota COFINSExibe e permite alterar a alíquota do COFINS do item da nota fiscal, quando o campo calcula COFINS por unidade estiver desmarcado.

Base Cálculo COFINS

Exibe e permite alterar o valor base para cálculo do imposto referente à Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS) do item.

Valor COFINS

Exibe e permite alterar o valor correspondente ao COFINS do item da nota fiscal.

Alíquota PIS ST

Exibe e permite alterar o valor de alíquota de PIS retido por substituição tributária.

Base Cálculo PIS ST

Exibe e permite alterar o valor de base de cálculo de PIS retido por substituição tributária.

Valor PIS ST

Exibe e permite alterar o valor de PIS retido por substituição tributária.

Alíquota COFINS ST

Exibe e permite alterar o valor de alíquota de COFINS retido por substituição tributária.

Base Cálculo COFINS ST

Exibe e permite alterar o valor de base de cálculo de COFINS retido por substituição tributária.

Valor COFINS ST

Exibe e permite alterar o valor de COFINS retido por substituição tributária.

Valor Desc ZF ICMS

Exibe e permite alterar o valor de desconto de ICMS de zona franca.

Valor Desc ZF PIS

Exibe e permite alterar o valor de desconto de PIS de zona franca.

Valor Desc ZF COFINS

Exibe e permite alterar o valor de desconto de COFINS de zona franca.

Valor Exclusão ICMS BC PIS/COFINSExibe e permite alterar o valor da exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/COFINS.


Tela Inclui/Modifica Itens Documento Fiscal – Pasta Valores 3

Objetivo da tela:

Permitir incluir/modificar/copiar informações relacionada a itens documento fiscal.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Alíquota COFINS Pago

Exibe e permite alterar a alíquota correspondente ao COFINS pago.


Valor COFINS Pago

Exibe e permite alterar o valor correspondente ao COFINS pago.

Nota:

Quando a Nota Fiscal de Importação for integrada com Obrigações Fiscais, já será alimentado automaticamente este valor se estiver parametrizada as NCMs que terão alíquota majorada.
O conteúdo desse campo será utilizado na impressão do Registro C120 do SPED Contribuições, caso tenha conteúdo diferente de zero.

Alíquota PIS Pago

Exibe e permite alterar a alíquota correspondente ao PIS pago.

Valor PIS Pago

Exibe e permite alterar o valor correspondente ao PIS pago.

Nota:

Quando a Nota Fiscal de Importação for integrada com Obrigações Fiscais, já será alimentado automaticamente este valor se estiver parametrizada as NCMs que terão alíquota majorada.
O conteúdo desse campo será utilizado na impressão do Registro C120 do SPED Contribuições, caso tenha conteúdo diferente de zero. 

Simples Nac - CSOSN

Exibe e permite alterar o código correspondente ao Código de Situação da Operação no Simples Nacional (CSOSN).

Val Base ICMS Simples Nac

Exibe e permite alterar o valor da base de cálculo do ICMS simples nacional.

Val ICMS Simples Nac

Exibe e permite alterar o valor de crédito do ICMS simples nacional.

Valor ICMS Destacado

Exibe e permite alterar o valor de ICMS destacado na nota.

Valor ICMS DesoneradoExibe e permite alterar o valor do ICMS desonerado.
Base ICMS STA Não DestacExibe e permite alterar a base de ICMS STA não destacado na nota.
Alíquota ICMS STA Não DestacExibe e permite alterar a alíquota de ICMS STA não destacado na nota.
Valor ICMS STA Não DestacExibe e permite alterar o valor de ICMS STA não destacado na nota.

Valor Retenção ISS

Exibe e permite alterar o valor de retenção do ISS.

Valor Retenção CSLL

Exibe e permite alterar o valor correspondente à Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) a ser retido na fonte quando do cálculo da nota.

Valor Retenção PIS / PASEP

Exibe e permite alterar o valor correspondente ao Programa de Integração Social / Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS / PASEP) a ser retido na fonte quando do cálculo da nota.

Valor Retenção COFINS

Exibe e permite alterar o valor correspondente à Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS) a ser retido na fonte quando do cálculo da nota.

Valor Desc ZF ICMS

Exibe e permite alterar o valor de desconto de ICMS de zona franca.

Valor Desc ZF PIS

Exibe e permite alterar o valor de desconto de PIS de zona franca.

Valor Desc ZF COFINS

Exibe e permite alterar o valor de desconto de COFINS de zona franca.


Tela Inclui/Modifica Itens Documento Fiscal – Pasta Valores 4

Objetivo da tela:

Permitir incluir/modificar/copiar informações relacionada a itens documento fiscal.


Principais Campos e Parâmetros:


Campo:

Descrição:

Base Cálculo FCPExibe e permite alterar o valor base para cálculo do FCP.
Alíquota FCPExibe e permite alterar o percentual da alíquota do FCP.
Valor FCPExibe e permite alterar o valor do FCP.
Base de Cálculo FCP STExibe e permite alterar a base de cálculo do FCP ST.
Alíquota FCP STExibe e permite alterar o percentual de alíquota do FCP.
Valor FCP STExibe e permite alterar o valor do FCP.
Base de Cálculo FCP ST AntecipadoExibe e permite alterar o valor da base de cálculo FCP ST antecipado.
Alíquota FCP ST AntecipadoExibe e permite alterar o percentual de alíquota FCP ST antecipado.
Valor FCP ST AntecipadoExibe e permite alterar o valor FCP ST Antecipado.
Base FCP STA Não DestacExibe e permite alterar o valor da base FCP STA não destacado.
Alíquota FCP STA Não DestacExibe e permite alterar o valor da alíquota FCP STA não destacado.
Valor FCP STA Não DestacExibe e permite alterar o valor do FCP STA não destacado.
% Reduc Base Calc ICMS EfetivoExibe e permite alterar o percentual de redução da base de cálculo de ICMS efetivo.
Valor Base Calc ICMS Efetivo

Exibe e permite alterar o valor da base de cálculo de ICMS efetivo.

Alíquota ICMS Efetivo

Exibe e permite alterar o valor da alíquota de ICMS efetivo.

Valor ICMS EfetivoExibe e permite alterar o valor de ICMS efetivo.

Tela Inclui/Modifica Itens Documento Fiscal – Pasta Débito Direto 

Objetivo da tela:

 Nesta tela pode-se informar o descritivo dos itens com característica Débito Direto. Caso o item tenha característica de compra/venda ativo imobilizado e forma de descrição do item como Narrativa informada, a narrativa aparecerá neste campo para fins de relatório.


Conteúdos Relacionados:

Manutenção de Estabelecimentos (CD0403)

Manutenção de Naturezas de Operação (CD0606)

Manutenção de Clientes (CD0704)

Manutenção de Séries de Nota Fiscal (CD0905)

Documento Fiscal