Ir para o final dos metadados
Ir para o início dos metadados

Atenção

Esta página foi revisada para considerar as configurações de server do TOTVS Fluig Plataforma para a atualização 1.6.3 ou superior.

Índice


Pré requisitos


  • O serviço de indexação precisa ser compartilhado por todas as instâncias, portanto deve ser isolado em outro ambiente, podendo ser um servidor único ou em cluster;
  • Todas as instâncias deverão ter acesso a uma mesma pasta compartilhada, onde será o repositório de arquivos do sistema;
  • O banco de dados dever ser único para todas as instâncias;

  • Todas as instâncias devem estar atualizadas com a mesma versão da plataforma.

  • É preciso manter afinidade de sessão, ou seja, uma vez que o usuário logou acessando em uma instância, sempre será direcionado para a mesma instância.


Preparando ambiente


Antes de começar a instalação, é preciso estar com o ambiente preparado. Faça o seguinte:

1. Instale o banco de dados e crie uma instância;

Atenção!

À partir da atualização Snowflake (1.6.3), o controle e sincronização do cache do Fluig é realizado através do banco de dados e é compartilhado entre todos os nós de um cluster. Em atualizações 1.6.0 à 1.6.2 é necessário realizar a instalação do Redis como serviço de cache do Fluig antes do passo 2.

2. Escolha uma pasta e um servidor e torne-a acessível para todas as máquinas que farão parte do load balancer.


Configurando o Microsoft NLB


Existem 3 portas a serem configuradas:

7777 e 8888 para o fluig RealTime:

Porta HTTP para o fluig Server

  • Esta porta costuma-se ser a 8080 ou apenas 80.

  • Esta porta deve estar no modo "Multiple" e afinidade "Single".


Em ambientes com load balance, é muito importante manter todos os servidores com o horário sincronizado.